cafe

Tecnologia deve ser finalizada em 2020 e segue critérios internacionais para classificação dos grãos. O lançamento acontecerá, primeiro, no mercado nacional

18 de novembro de 2018

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) desenvolveu uma inteligência artificial capaz de examinar imagens de café e determinar a qualidade dos grãos. De acordo com o analista da unidade Instrumentação Ednaldo Ferreira, o coffee class segue os padrões globais da bebida, determinados na prova de xícara.

“Desenvolvemos através do Consórcio Pesquisa Café, que é fomentado pelo Ministério da Agricultura”, conta Ferreira.

O analista reforça a necessidade do degustador, que vai classificar previamente as amostras do banco de dados. “Depois, apresentamos essas imagens à inteligência artificial e ela aprende, como um provador faria”.

Ferreira também esclarece que o intuito não é substituir profissionais, mas auxiliá-los. “Vamos inseri-la nos diversos atores da cadeia do café, com os quais o degustador não tem relação e não está perto, como consumidores e supermercados”, diz.

Fonte: Canal Rural